Portuguese

Bem-estra

wellness header
Partilhe  

O bem-estar é o resultado de um estilo de vida que contempla diversos componentes, entre os quais são fundamentais: serenidade mental, correcta nutrição, actividade física adequada. Neste quadro reentra também a água. Entre as suas aplicações, de facto, não existe só aquela primária, ou seja a alimentação e a higiene, mas também, exactamente, os tratamentos termais, a hidroterapia e a talassoterapia. Trata-se de remédios apropriados, seja para o corpo seja para a mente, oferecidos pela natureza e desde sempre utilizados pelo ser humano, em todas as latitudes e em qualquer cultura. Não é necessário esquecer, de facto, que tratamentos termais, hidroterapia e talassoterapia são, a todos os efeitos, não só as mais antigas medicinas tradicionais ocidentais, mas também práticas ainda actualíssimas e eficazes para o tratamento dos males dos homens contemporâneos.

Os tratamentos termais desfrutam o poder terapêutico das águas minerais nos lugares onde elas nascem naturalmente do terreno, a diversas temperaturas. As águas podem ser bebidas, ou então utilizadas para banhos, inalações, irrigações, lodos. Pode-se beneficiar, além disso, das propriedades curativas das grutas naturais.

wellness

A hidroterapia, em particular, serve-se de duches e banhos, completos ou parciais, para aquecer ou refrescar o corpo, assim como de abluções com esponja e parches, quentes ou frios. Ela pode ser efectuada com águas termais, mas não necessariamente: o principio de acção, de fato, não se baseia tanto sobre a qualidade da água, quanto sobre a sua temperatura. O seu objectivo é aquele de despertar, com o contraste térmico produzido pela água fria e quente, os naturais mecanismos de cura do corpo por si mesmo. Por vezes, misturadas com a água, são utilizadas outras substâncias como argila, sementes de linho ou luzerna.

A talassoterapia ao invés utiliza aqueles elementos benéficos para a saúde do homem, que provêem do clima e do ambiente marino, ou seja os banhos de sol ou de mar, as areações, os lodos, os parches de algas e os aerossol naturais produzidos pelo movimento das ondas e/ou das massas de ar carregadas de iódico. Trata-se de remédios totalmente naturais, propostos pelos centros termais ou talassoterápicos.

“Na água reside a cura”, afirmava o abade Sebastian Kneipp na segunda metade do século XIX, pondo de facto as bases da hidroterapia moderna: um método de tratamento baseado nas numerosas aplicações da água. Duches parciais e totais, banhos frios e quentes ou de vapor, abluções com esponjas, passeios com os pés descalços (em banheiras apropriadas ou então também na água de mar ou de riacho). Eis as principais aplicações da hidroterapia, conhecidas já pelos antigos. O estímulo térmico é o factor principal da hidroterapia, como já lembramos: por isso, a uma primeira reacção, que acontece a nível da pele, segue-se-lhe uma segunda que atinge os tecidos corpóreos internos, ligados à superfície através das vias nervosas. Agindo na concentração local do sangue, consegue-se levar a parte corpórea a tratar, a uma situação de equilíbrio.

Kneipp soube conjugar a prática da hidroterapia com o uso de plantas medicinais, seja sob a forma de infusos (portanto utilizadas por via interna) seja adicionadas aos banhos ou nos parches (por via externa), criando assim um sistema de tratamentos completo e eficaz. Sempre uma prática natural, que age como estímulo para as capacidades de cura já ínsitas em cada indivíduo, a fim de as activar e restabelecer assim o estado de saúde.

Jacuzzi Mini-piscinas>
Hot Tub
Jacuzzi Mundo banho>
Bathroom
Encontre o seu revendedor Jacuzzi>